22 de fevereiro de 2011

Sempre Vou Te Amar


Por onde quer que eu vá,
Tenho você comigo,
Viajando em pensamentos,
Meu sonho é contigo!

Por onde quer que eu vá,
Há sempre uma razão,
Que me leva a loucuras,
Reviver aventuras,

De uma vida a dois, de uma paixão!
E por mais que eu tente,
Esquecer-te não é possível,




Você é parte desta brisa envolvente,
Que me faz enxergar o que parece invisível!
Por onde quer que eu vá,

Sempre vou te encontrar,
Por onde quer que eu vá,
Sempre vou te amar!

2 de fevereiro de 2011

Lábios Calientes

Meus olhos se fecham e o que eu vejo,
Teus olhos brilhando, lábios caliente,
Um coração palpitante cheio de desejos,
Te busco em meus versos a todo instante!

Meus olhos se abrem e a verdade aparece,
Teus lábios caliente agora tão distante,
Levanto as mãos ao céu, invento uma prece,

Para acalmar este meu coração agonizante!
Que hoje sente o que os olhos não veem,
Que hoje sonha com o que não se tem
Que hoje vive pelo que se imagina!

O que posso dizer para este coração?
Que não tem paz, que morre de paixão,
Que sonha, sofre e chora por você menina!