Textos Sugeridos pelo Autor

26 de novembro de 2014

Mais uma Noite

Vazias são as noites,
Ventos fortes, na janela, açoites,
O tempo não para,
Mas o coração dispara,

E um grito se perde no silêncio,
Na noite fria, cama vazia,
Amar é tão raro,
Um soluçar, leve sussurrar,

Já se foi a noite, está claro,
Não vi a lua, nem as estrelas,
Não vi você partir,
Não ouvi você dizer,



Mas vi nos teus olhos um adeus,
Para dizer a verdade te perder,
Não foi sonho meu,
Nem ao menos desejo seu,

Foi conspiração, armação,
Talvez eu culpe o destino,
Talvez eu fuja em desatino,
Registre em versos, linhas contidas,

Todo este meu pranto,
O desespero, o desencanto.
Vazias são as noites,

Mas a gente inventa,
Finge que aguenta,
Afinal é só mais uma noite.



12 de julho de 2014

Acreditar


Hoje o dia está tão triste,
E toda dor que existe,
Talvez apenas eu posso sentir.
Parece que o céu,
Onde antes havia somente estrelas,
De olhar fixo parava para vê-las,
Hoje vejo apenas um escuro véu.

Será que a dor existe,
Para testar nossos limites?
Será que uma noite escura,
Denota um presságio de que um novo dia vai surgir,
E com ele a luz voltará então a brilhar?
É tudo que precisamos acreditar.


Imaginar que o impossível pode acontecer,
E apesar de saber que o sol nasce para todos,
Há sempre alguém que vive às sombras.

Talvez devemos nos conformar, isto faz parte da vida,
Um dia a gente ganha, em outro a gente perde,
Seguimos nosso destino rumo ao novo e desconhecido.

A felicidade existe e acreditamos nisto,
Pois se o contrário fosse porque ainda a buscaríamos?
A esperança existe e quem espera sempre alcança,

Se assim não pudermos acreditar,
Nesta vida já não vivemos mais.
É ter o ar e não mais respirar!

30 de maio de 2014

Nada Ficou

Por que você não sai?
Pega teu caminho e sai,
E pode me deixar aqui,
Não vou te seguir.

Cada um tem sua estrada,
Seu destino, sua jornada,
De ti já não espero mais nada,
Ilusão demais enfada.

Podes partir, pode ser hoje, agora,
Não pense que vou ligar,
Que lágrimas vou deixar rolar,
Não verás que meu coração chora.

Este momento é só meu,
Parece que ainda não percebeu,
Seu tempo acabou, partiu, demorou,
Nada ficou, nada restou, nada sobrou.

Mas estou aqui pra lhe dizer,
Escute bem, guarde bem, não vá esquecer,
Lhe digo com toda clareza e certeza,
Pode ir não preciso mais de ti ó tristeza!

17 de março de 2014

Razões

Meu amor eu queria,
Lhe dizer tudo que sonhei um dia,
Sei que acreditaria!

Então olho pra você,
E sem que possas perceber,
Lhe digo apenas nosso amor é pra valer!

Pra valer os momentos,
De muita paz e encantamentos,
De sonhos, buscas e atos que realizamos,




Das noites que enfim nos amamos,
Por estas e outras razões,
Que com os pés no chão sonhamos.

Somos viajantes sem destino,
Coração alucinado em desatino,
Vamos viver o hoje com muita sensatez,

O que tiver de ser será,
E quem viver sei que verá,
A vida é única e só se vive uma vez!



19 de fevereiro de 2014

Sinais



Hei, são seus olhos que diz,
Tem desejos, tem doçura, tá feliz...
Deixa rolar, faça acontecer,

Abrace a vida que chega pra ensinar,
Não ignore os sinais que vem lhe mostrar,
Esta é a hora, comece a viver.

Sei que o coração aperta,
Indaga-se, está é a hora certa?
Acredite, podes crer que sim.




O que ficou para trás,
É passado, não volta jamais,
Desistir será o fim.

Hei, são seus olhos que diz,
Está estampado no rosto, está diante do nariz,
Cabe a você decidir!

A decisão é sua, pode escolher,
Ganhar ou talvez perder,
Podes retroceder ou a jornada seguir.