Textos Sugeridos pelo Autor

21 de dezembro de 2015

Tempo


Não brigo com o tempo,
Por que este não tenho,
Ele vem de qualquer jeito,
E não importa o quanto desdenho,
Tudo que fiz está feito.

Não se pede tempo ao Tempo,
Nem castelos se constrói na areia,
Não se brinca ao mar se a maré é cheia,
E nunca duvide da esperança alheia,
Minha vó sempre dizia, é coisa feia!




Este tempo que não para,
E a gente querendo dar um tempo para a vida,
Se viver é agora, buscar algo lá fora,
Um dilema será causa perdida,
Se perder no tempo, melhor seria ir embora!

Mas sem o Tempo para onde iríamos?
A vida passa tão depressa e nos esquecemos,
Que as vezes precisamos dar um tempo,
Um tempo para aquele amor que perdemos,
Para aquele sonho que não vivemos.

Por isto estou pedindo um tempo,
Para refletir sobre o que perdemos,
E te lembrar que ainda temos tempo,
Para fazer tudo que a gente fez,
Mas agora diferente, ainda temos tempo!