Textos Sugeridos pelo Autor

11 de junho de 2011

Procura-se


Procura-se um remédio,
Com poder de regenerar um sentimento chamado tédio,
Com poder de encurtar a distância,
De uma doença chamada saudade,
Que invade a alma da gente,
E nos leva a viver em um mundo ausente,
De sentimentos, de amizades, de liberdade!
Procura-se um remédio para esta crueldade!


Se tiver que procurar, por onde começar?
E se não encontrar, vale a pena insistir,
Se  pedras no caminho rolar,
Se meus pés não quiserem mais caminhar,
Mesmo assim há razão para seguir?

Procura-se um desejo que de muitos fugiu,
Que ainda não eclodiu,
Ou talvez nunca existiu!
Ajudar a quem precisa ser ajudado,
Amar a quem precisa ser amado,
E em troca nada pedir,
Abrir as comportas e apenas deixar fluir!

Aguas cristalinas que se renovam,
De fontes que nunca secam,
Procura-se um remédio,
Que consiga acabar com uma dor,
Que invade o peito,
Que pensas, já não tem mais jeito,
Procura-se um remédio,
Sem contra indicação, sem efeitos colaterais,
Que nos ajude a acabar com todos aqueles “ais”,
Procura-se um remédio!!!




7 de junho de 2011

África

Ouvi o seu lamento,
Por que choras lágrimas tão sentidas?
Nos campos miséria, fome, noites ao relento,
Infância, juventude, inocência, todas foram perdidas!

O seu grito já sem forças parece em vão,
Não há quem possa ouvir, não há quem possa lhe acudir,
Já estão traçados os caminhos, sua vida, sua morte ou não!
Quem poderá tua sina impedir?

África, lugar de fome, dor e de pena,
Só de imaginar já repudio a cena!
Ver uma criança chorar e pouco poder ajudar!

África, amiga e irmã, lugar esquecido,
Quem se importa se teus sonhos e filhos foram perdidos,
Se dos teus olhos uma lágrima rolar?