9 de agosto de 2013

Correndo Atrás

Hoje estou correndo atrás,
Sentindo a falta que você me faz,
As noites são frias, madrugadas vazias,
É o preço e acho que mereço,
E tudo por te deixar.

A cama já não tem o teu cheiro,
Abraço então meu travesseiro,
O sono não vem e sempre chamo por alguém,
Mas ela não pode ouvir nem ao menos sentir,
Vejo tudo se perder.


Ainda hoje ouvi aquela nossa canção,
Parece um pedido de perdão,
Espero ainda ter a chance de ver nosso romance,
Renascer outra vez, deixarei então toda minha insensatez,
E retroceder nunca mais.

Farei tudo que preciso for,
Pra deixar para traz esta dor,
Imagino então você voltando e pelo meu nome chamando,
Vou correndo e digo logo que eu me rendo,
Não quero nunca mais te deixar.


0 comentários:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para fazer seus comentários, lembrando que comentários anônimo serão permitidos porém não serão publicados!


Cleilton F. Vieira
cleilton@msn.com