15 de janeiro de 2012

Pra Sempre, Sempre Acaba

Um dia a ilusão chega ao fim,
E a gente não acredita, não imagina que seria assim,
Na verdade a gente jura que é para sempre,
Até parece que a gente não sabe que se acaba,
Que um dia o teto desaba,
É tarde pra que a gente se arrependa!

É assim quando a gente ama,
Se entrega a uma paixão,
Que é impiedosa e sem compaixão!
Machuca o nosso coração!
Não tem jeito não!
É como viver e sofrer com a ilusão,



É como viver e a cada dia morrer na solidão!
Pra sempre, sempre acaba,
Que seja eterno enquanto durar!
Na verdade um dia vai mesmo acabar!

E não adianta chorar,
Passam se as noites, chegam se os dias,
O que era já não é mais!

Não se iluda, não se perca por uma paixão,
Não se prenda por uma ilusão!
Amar é um segredo que dá medo!

Medo de não acertar!
Medo de não tentar,
De não ter a quem amar!

1 comentários:

Wernner Lucas disse...

Linda poesia.Parabéns.

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para fazer seus comentários, lembrando que comentários anônimo serão permitidos porém não serão publicados!


Cleilton F. Vieira
cleilton@msn.com