19 de outubro de 2010

Acreditar

Eu queria poder abraçar o mundo,
E por alguns segundos,
Acreditar...
Acreditar que o amor nunca se acaba,
Se erguer depois que tudo se desaba,
Fico a meditar!

Porque que uns estão a sorrir,
Enquanto outros estão a chorar?
Porque devemos partir,
Se queremos tanto ficar?

Será que encontro a resposta?
Será que está além destas portas?
Acho que vou abrir!

Vou abrir meu coração,
Talvez em uma prece, uma oração,
Eu veja então a luz!

No fim do túnel brilha um clarão,
Olha! Vem em minha direção,
Acho que ainda tem solução.

2 comentários:

FrancK P_LavD disse...

Olá Cleilton, muito agradeço a sua visita ao meu blogue, as bonitas palavras que me dedicou, e o convite para visitar o seu blogue.
Gostei muito da sua poesia, ela expressa um grande sentimento poético, parabéns a você, poeta de grande sensibilidade!!
Grande abraço!
FrancK

Anônimo disse...

Lindo Poema!!
As vezes precisamos abrir o coração e elevar á Deus uma oração!Assim seremos capazes de acreditar que o amor existe e que podemos romper barreiras,escalar montanhas através da fé.

Noemia

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para fazer seus comentários, lembrando que comentários anônimo serão permitidos porém não serão publicados!


Cleilton F. Vieira
cleilton@msn.com