12 de dezembro de 2008

Tu És

Tu és a doce poesia,
Que encanta meus dias,
E em meus sonhos traduz a vida,
É o lírio que enfeita este jardim,
A brisa que sopra neste mundo sem fim,
É o meu desejo de continuar nesta lida.

Tu és este doce amor,
Que me faz esquecer esta torpe dor,
Dando-me asas para voar!
É a alegria numa noite triste,
Um refúgio se a solidão insiste,
Tenho em Ti alguém para amar!

É o silêncio no anoitecer,
Uma esperança a cada amanhecer,
E a razão que me faz sentir,
Que a vida é rodeada de sonhos, doces encantos,
Momentos de poesia, lindos cânticos,
A mostrar-me todo este prazer de existir!

0 comentários:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para fazer seus comentários, lembrando que comentários anônimo serão permitidos porém não serão publicados!


Cleilton F. Vieira
cleilton@msn.com