25 de novembro de 2010

O Tempo Passa

Você brilha e reluz como uma estrela,
E aqui estou pra vê-la,
Quando irás chegar?
Neste amanhecer gigante,
Com meu coração palpitante,
Quero te abraçar.

Em seus braços esquecer o ontem,
D então buscar novos horizontes,
Onde possa caminhar.
Se soubesses como dói a solidão,
Não maltrataria este meu pobre coração,
Que não se cansa de te esperar.

Diante da imensidão do mar,
Já nem sei como navegar,
Todos os meus rumos apontam seu caminho,
Cada vez mais eu te quero,
Com ternura eu te venero,
Que falta faz-me teu carinho.

O tempo passa e só você não vê,
Talvez não queira entender,
Que o meu amor é só seu,
Nada mais me importa neste mundo,
Penso em você, conto os segundos,
Acho que a felicidade de escondeu.

Há quem diga que ela exista,
Mas sem você tudo é tão triste,
Como posso acreditar,
Sonhar eu já não quero mais,
Descobri que sonhos não satisfazem,
Quero você, quero te amar.

0 comentários:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para fazer seus comentários, lembrando que comentários anônimo serão permitidos porém não serão publicados!


Cleilton F. Vieira
cleilton@msn.com