Textos Sugeridos pelo Autor

25 de novembro de 2010

O Que a Vida Me Ensinou

A vida me ensinou a voar,
E sobre mares navegar,
Aprendi a não ter medo,
Tornei-me tão forte,
E sobre as asas desta sorte,
Viver é um brinquedo.

A vida me ensinou sonhos,
Descobri que por detrás de um rosto tristonho,
Escondem-se muitas razões para chorar,
Que águas que passam por um moinho não voltam jamais,
Que a juventude o tempo desfaz,
É realidade pura, não podemos negar.

Mas revivendo tudo nesta vida,
Nada aprendi vida sofrida,
Quantas noites acordado, em lamento,
Existem coisas que não pude aprender,
Esta vida não me ensinou a te esquecer,
Vivo apenas sonhos, sutis momentos.

Momentos que se passaram,
E que no tempo se perdeu,
Ficando apenas saudades, cheias de lembranças,
Um vazio na ama,
Subitamente me tira a calma,
Já não espero nada, foi se todas as esperanças.

1 comentários:

Beatriz disse...

Oi, Cleilton!

A vida é mesmo uma grande mestra e nos ensina diversas lições que jamais imaginaríamos aprender... Bela reflexão poética.

Aproveito para dizer que recebi um selo do Prêmio Dardos e, quem o recebe deve repassá-lo.
Indiquei o seu blog. Espero que goste!